12 de abril de 2011

Jornal Nacional Deixa Telespectadores Horrorizados Com Narração Do Massacre De Realengo


O "Jornal Nacional" virou centro de um debate sobre ética jornalística nas redes sociais. Nesta sexta-feira (08), o editor-chefe do telejornal, William Bonner, aprovou uma reportagem que fazia a narração em detalhes de tudo o que aconteceu durante a ação do atirador em uma escola de Realengo, no Rio de Janeiro. Os repórteres colheram todas as imagens já divulgadas do ocorrido e montaram em uma seqüência cronológica. Vídeos das câmeras de seguranças e de cinegrafistas amadores foram unidos, juntamente com efeitos de computação gráfica, foram unidos em uma narrativa dramática.


Imagens de pessoas ensanguentadas e do próprio atirador morto foram exibidas.
Muitos internautas criticaram a matéria e acusaram o telejornal de "ensinar” outras pessoas com problemas psiquiátricos para que cometam o mesmo crime.

(Portal Ps)