4 de setembro de 2011

Madonna Leva Vaia Ao Lançar Seu Filme


Duas loiras causaram furor no segundo dia do Festival de Veneza 2011. A loira inglesa Kate Winslet monopolizou as atenções na coletiva de imprensa de Carnage, novo filme de Roman Polanski, que será exibido na Sal Grande esta noite, mas já foi visto pelos jornalistas. Baseado na famosa peça teatral "Deus da Carnificina", o longa traz Kate ao lado de Jodie Foster, John C. Reilly e Christoph Waltz - apenas Foster não veio a Veneza, além de Polanski, que cumpre prisão domiciliar na Suiça.

O filme conta a história de dois casais que acabam passando suas vidas a limpo depois que os filhos brigam no colégio. Cheio de humor e profundamente baseado nos diálogos, Carnage é um deleite para quem gosta de bons roteiros. a atuação do quarteto de atores é um caso a parte: Polanski deita e rola na verborrogia do texto que 'vomitam' - até literalmente - seus protagonistas.

A outra loira do dia foi Madonna, que lançará seu W.E. - O Romance do Século na última sessão de hoje. Os jornalistas já viram o filme - e odiaram. A história de Wallis Simpson, a norte-americana divorciada que levou o rei Eduardo VIII a renunciar ao trono em 1936 (retratada vagamente no oscarizado O Discurso do Rei) já está cotada como um dos piores filmes do Festival. Na coletiva, no entanto, a loira brilhou, causando tumulto e confusão - vários jornalistas foram barrados devido à super lotação da sala de conferências.

Alheia a todo transtorno que causou, Madonna disse na coletiva que se tornou diretora de cinema por causa de seus ex-maridos. "Sou e fui atraída por pessoas muito criativas e é por isso que me casei com Sean Penn e Guy Ritchie, dois realizadores muito talentosos."

W.E. - O Romance do Século não está competindo ao Leão em Veneza, mas jáé o filme mais comentado do festival graças à sua diretora. Mesmo fazendo filme ruim, Madonna ainda é mais 'star' do que muita estrela de cinema mas, cá entre nos, ela é bem melhor nos palcos.

Fonte: Cinepop