30 de outubro de 2011

Simples Mas Sinistra-Letra Da Música O Dia Em Que a Terra Parou De Raul Seixas





Imagina só, hoje você vai para cama mais tarde, como qualquer dia normal. Deita, dorme, mas ao amanhecer, você percebe algo diferente, não ouve o som dos pássaros e nem mesmo o barulho de carros, ou seja lá o que for. Vai até a janela de sua casa, olha para rua e não vê uma pessoa se quer. Então liga a Tv, e só há um xiado, fora isso, nenhum canal mostra os telejornais da manhã, os programas de variedades, nem os desenhos animados. Porém você descobre que o mundo parou naquele dia, ninguém saiu de casa ou não existe mais ninguém em casa. É o que mostra a letra da música de Raul Seixas, que por sinal é bem sinistra. É uma letra simples, mas que nos apavora por nos fazer acreditar, que a qualquer momento a gente pode dormir, e acordar no dia em que a terra parou.



Vejam só a letra da Música:

Essa noite eu tive um sonho
de sonhador
Maluco que sou, eu sonhei
Com o dia em que a Terra parou
com o dia em que a Terra parou

Foi assim
No dia em que todas as pessoas
Do planeta inteiro
Resolveram que ninguém ia sair de casa
Como que se fosse combinado em todo
o planeta
Naquele dia, ninguém saiu saiu de casa, ninguém

O empregado não saiu pro seu trabalho
Pois sabia que o patrão também não tava lá
Dona de casa não saiu pra comprar pão
Pois sabia que o padeiro também não tava lá
E o guarda não saiu para prender
Pois sabia que o ladrão, também não tava lá
e o ladrão não saiu para roubar
Pois sabia que não ia ter onde gastar

No dia em que a Terra parou (Êêê)
No dia em que a Terra parou (Ôôô)
No dia em que a Terra parou (Ôôô)
No dia em que a Terra parou

E nas Igrejas nem um sino a badalar
Pois sabiam que os fiéis também não tavam lá
E os fiéis não saíram pra rezar
Pois sabiam que o padre também não tava lá
E o aluno não saiu para estudar
Pois sabia o professor também não tava lá
E o professor não saiu pra lecionar
Pois sabia que não tinha mais nada pra ensinar

No dia em que a Terra parou (Ôôôô)
No dia em que a Terra parou (Ôôô)
No dia em que a Terra parou (Uuu)
No dia em que a Terra parou

O comandante não saiu para o quartel
Pois sabia que o soldado também não tava lá
E o soldado não saiu pra ir pra guerra
Pois sabia que o inimigo também não tava lá
E o paciente não saiu pra se tratar
Pois sabia que o doutor também não tava lá
E o doutor não saiu pra medicar
Pois sabia que não tinha mais doença pra curar